5 Sinais da Mentira

Assista o vídeo em que o Dr. Sergio Senna explica 5 sinais da mentira e comenta os cuidados que você deve ter ao observar o comportamento não verbal das pessoas.

 

Visite nossas seções sobre a mentira e sobre os episódios comentados da série Lie to Me (clique nas imagens):

Artigos sobre a Mentira - IBRALC Lie to Me Comentado

 

 


Visite as Seções do Portal:

 


Como citar este artigo:

Formato Documento Eletrônico (ABNT)

PIRES, Sergio Fernandes Senna. 5 Sinais da Mentira. Instituto Brasileiro de Linguagem Corporal. Disponível em < https://ibralc.com.br/5-sinais-mentira/> . Acesso em 3 Dec 2016.

Formato Documento Eletrônico (APA)

Pires, Sergio Fernandes Senna. (2013). 5 Sinais da Mentira. Instituto Brasileiro de Linguagem Corporal. Recuperado em 3 Dec 2016, de https://ibralc.com.br/5-sinais-mentira/.

The following two tabs change content below.
Sergio Senna
Psicólogo, doutor em psicologia (UnB), possui diversas especializações na área de educação, segurança e políticas públicas. Tem larga experiência acadêmica e profissional na interpretação da linguagem corporal, presta assessoria institucional no Congresso Nacional e desenvolve trabalhos acadêmicos nas temáticas da análise da mentira e da linguagem corporal. Veja o currículo completo aqui!
Sergio Senna

Últimos posts de Sergio Senna (ver todos)

Posted in Coaching, Vídeos and tagged , , , , , , .

2 Comments

  1. Confesso que prefiro postagens por escrito, mas em vídeo ficou tão bom quanto. Sendo um pouco realista, o vídeo tende a atrair mais frequentadores do que apenas textos, então como frequentador apoio. rs
    Muito interessante o vídeo, extremamente esclarecedor.
    A quantidade de conteúdos falaciosos, na internet, sobre qualquer assunto, é praticamente imensurável, seria estranho se não houvesse sobre linguagem corporal.
    Sei que talvez não deva ser muito a sua especialização, Dr. Sergio, porém vou fazer a pergunta, que de certa forma vai se relaciona com exposto.
    Vi um estudo em uma revista sobre espiritismo – lembrando que não tenho nada contra -, onde mostrava uma “prova científica” de que as psicografias eram verdadeiras. Com esse objetivo foi realizado exames em pessoas enquanto elas escreviam as cartas.
    No fim da reportagem foi exposto que essas pessoas tinham pouca atividade cerebral, na parte correspondendo a criatividade, o que por si eliminava a possibilidade da carta ter sido um invenção segundo a revista.
    Não digo que sou desconfiado, porém acho que só um indício para constatar uma verdade é pouco, sempre deve haver outras provas, enfim… Essa atividade neural, a qual a revista expôs, é por si só comprovação de que uma mentira tende a surgir da parte correspondente à criatividade? Pois penso que muitas delas não surgem assim, por exemplo algumas mentiras curtas – um ”sim” no lugar de um ”não”- ou quando a pessoa previamente pensa em uma mentira elaborada e chega com o “texto pronto”.
    A minha dúvida é quanto a isso, a mentira pode ser revelada com base na investigação da atividade da “parte criativa” do cérebro?

    Obrigado e abraços!

    Rogério B.

Deixe uma resposta