A Linguagem Corporal é últil na Família?


 

linguagem-corporal-familia

Muito do nosso tempo é investido nas relações pessoais e familiares. A qualidade de nossas relações com nossos filhos, por exemplo, pode atingir outros patamares se aprendermos a lidar com eles antes de terem que nos expressar que rompemos algum dos seus limites emocionais.

Esse conhecimento pode ser útil, ainda, no reconhecimento de sinais de uso de drogas e de outras circunstâncias que preocupam os pais nas relações com seus filhos.

A partir desse reconhecimento, o adulto pode traçar uma estratégia pra abordar o tema com seu filho e iniciar um processo de maior aproximação e de aprofundamento da relação.


Visite as Seções do Portal:

 


Como citar este artigo:

Formato Documento Eletrônico (ABNT)

PIRES, Sergio Fernandes Senna. A Linguagem Corporal é últil na Família?. Instituto Brasileiro de Linguagem Corporal. Disponível em < https://ibralc.com.br/a-linguagem-corporal-e-ultil-na-familia/> . Acesso em 2 Dec 2016.

Formato Documento Eletrônico (APA)

Pires, Sergio Fernandes Senna. (2010). A Linguagem Corporal é últil na Família?. Instituto Brasileiro de Linguagem Corporal. Recuperado em 2 Dec 2016, de https://ibralc.com.br/a-linguagem-corporal-e-ultil-na-familia/.

The following two tabs change content below.
Sergio Senna
Psicólogo, doutor em psicologia (UnB), possui diversas especializações na área de educação, segurança e políticas públicas. Tem larga experiência acadêmica e profissional na interpretação da linguagem corporal, presta assessoria institucional no Congresso Nacional e desenvolve trabalhos acadêmicos nas temáticas da análise da mentira e da linguagem corporal. Veja o currículo completo aqui!
Sergio Senna

Últimos posts de Sergio Senna (ver todos)

Posted in Linguagem Corporal and tagged , , , , .

One Comment

  1. Prezados,
    Lendo o post :: http://feelab2010.blogspot.com/2011/01/o-portala-revista-maxima-destaca-o.html :: me lembrei de um assunto muito interessante. Como as expressões faciais podem influenciar nossos sentimentos. É disto que se trata o post do link acima, da pesquina feita nesse campo.

    Inclusive, o próprio Dr. Paul Ekman já falava da influencia positiva que um sorriso verdadeiro pode nos trazer. Um teste simples pode ser feito com outras emoções, como por exemplo a tristeza. Basta você relaxar e tentar lembrar de algo que te deixou muito triste, e deixar as emoções fluirem, você verdadeiramente se sentirá triste. E ainda mais, tente fazer uma expressão facial triste, e você sentirá muito provavelmente este sentimento.

    Existem também estudos que indicam que a microexpressão podem auxiliar na “detecção” da depressão, pois uma pessoa depressiva, tende a fazer num curto espaço de tempo ( mais de uma por minuto em média) microexpressões de tristeza.

    É isto…na dúvida, sempre sorria.
     
    Abraços,
     
    Edinaldo

Deixe uma resposta