Van Damme e Volvo: análise de comercial

Um dos comerciais mais comentados na Internet foi produzido pela Volvo para demonstrar a precisão do novo sistema de direção de seus caminhões. Nessa peça publicitária, Jean Claude Van Damme aparece realizando uma de suas aberturas de pernas entre dois caminhões em movimento.

Inicialmente, muitos duvidaram da veracidade das imagens. Alguns atribuíram à computação gráfica ou algum outro truque. Entretanto as imagens são reais e vamos analisar algumas expressões faciais de Van Damme que apoiam essa conclusão.

Observe com atenção o vídeo a seguir:

As imagens a seguir destacam algumas expressões de Van Damme durante a explicação do que ele deveria fazer:

Van Damme

Essa é uma imagem da expressão que ocorre aos 0:35 do making off enquanto é explicado o que ele deveria fazer. Verifique a expressão de surpresa quando descobre que os caminhões estariam em marcha à ré. Há indicativos de que ele já sabia, pois ele pergunta (afirmando) que os caminhões estariam se movimentando para a frente (ele termina com a expressão – of course – é claro). Note que a expressão se resume ao relaxamento do Masseter (abertura da boca). Não aparecem indicadores na parte superior da face.

Penso que se ele não soubesse, não usaria essa expressão na filmagem. Ninguém ia pensar em fazer isso com o caminhão andando para trás…. Mesmo assim existe a surpresa. Discreta na expressão, mas pode ter ocorrido diante da confirmação, pelo responsável da Volvo, que REALMENTE os caminhões andariam para trás. A hipótese mais provável é que o seu produtor tivesse contado antes, mas vemos a confirmação oficial de que a manobra seria executada em marcha à ré.

Outro detalhe é que Van Damme parece estar meio lento em seu raciocínio. Nota-se isso pela sua movimentação e pela sua fala. Isso pode explicar o por quê das expressões faciais estarem discretas. Quando uma pessoa está assim, demonstrando lentidão verbal e cinésica, é sempre válido levantar a possibilidade que esteja sob o efeito de alguma substância química.

Momentos depois, ele parece preocupado com a realização da manobra. Observe a imagem a seguir (1:41 do making off):

Van Damme

 

Verifique que a boca se estica no sentido horizontal, movimento produzido pelo músculo Risório. Esse movimento é característico de tensão. Então, temos outro indicador de que a cena está mesmo sendo planejada e foi real quando executada.

Vejam o making off completo:

Um abraço e até a nossa próxima análise.

Sergio Senna


Visite as Seções do Portal:

 


Como citar este artigo:

Formato Documento Eletrônico (ABNT)

PIRES, Sergio Fernandes Senna. Van Damme e Volvo: análise de comercial. Instituto Brasileiro de Linguagem Corporal. Disponível em < https://ibralc.com.br/van-damme-e-volvo-analise-de-comercial/> . Acesso em 3 Dec 2016.

Formato Documento Eletrônico (APA)

Pires, Sergio Fernandes Senna. (2013). Van Damme e Volvo: análise de comercial. Instituto Brasileiro de Linguagem Corporal. Recuperado em 3 Dec 2016, de https://ibralc.com.br/van-damme-e-volvo-analise-de-comercial/.

The following two tabs change content below.
Sergio Senna
Psicólogo, doutor em psicologia (UnB), possui diversas especializações na área de educação, segurança e políticas públicas. Tem larga experiência acadêmica e profissional na interpretação da linguagem corporal, presta assessoria institucional no Congresso Nacional e desenvolve trabalhos acadêmicos nas temáticas da análise da mentira e da linguagem corporal. Veja o currículo completo aqui!
Sergio Senna

Últimos posts de Sergio Senna (ver todos)

Posted in Análise de vídeo.

One Comment

  1. Olá Dr. Sérgio,

    Esse vídeo foi um sucesso, grande jogada de marketing.
    Vejam a notícia: http://motordream.bol.uol.com.br/noticias/ver/2013/11/18/campanha-da-volvo-com-van-damme-viraliza-veja-o-video

    Claro que gerou especulações sobra a veracidade da manobra, mas aposto que a dúvida partiu do pessoal mais novo, que não conhece o que Van Damme já fez rsrsrs

    Até onde pesquisei, realmente foi tudo real, salvo uma edição em cabos de proteção que seguravam Van Damme, para o caso de algo sair errado. E realmente, as expressões faciais dele levam a crer que a coisa foi pra valer.

    Abraço,

    Edinaldo Oliveira

Deixe uma resposta