Como a mentira está inserida na sociedade atual?

A mentira faz parte da experiência de todos os seres humanos. Em uma grande parte das vezes somos vítimas dela nas situações cotidianas, como nas compras que realizamos ou nas situações laborais.

Outro cenário, é sermos protagonistas da mentira, contando algumas lorotas aqui e ali.

Em todos os casos, é impossível viver sem contato com a mentira.

Nesse contexto, é importante entender que nem todas as mentiras que enfrentamos têm alto poder destrutivo.

Mentir com eficiência requer muita atenção, uma memória prodigiosa e bastante controle emocional.

Quando enfrentamos esse tipo de mentira, estamos diante da real possibilidade de sofrermos prejuízos reais.

Felizmente, não estamos sujeitos a esse tipo de engano com muita frequência e, quando estamos, podemos tomar algumas medidas para diminuir os riscos que corremos.

No entanto, os estudos científicos mais recentes nos indicam que 15% das pessoas possuem uma habilidade especial para não deixar transparecer os sinais clássicos da mentira.

mentira

É importante não tirar conclusões erradas a partir dos dados. A pesquisa não levanta que 15% das pessoas são mentirosas, mas que, se mentirem, não apresentarão os seus sinais clássicos como a lentidão para articular as idéias, a surpresa diante de perguntas inesperadas, a satisfação quando chega à conclusão que conseguiu enganar (duping delight) e os indícios gerais de ativação do sistema nervoso autônomo que tratamos no post sobre o terceiro episódio da série Lie to Me.

Esse é um dado significativo para ficarmos alertas e procurarmos reduzir os comportamentos que podem contribuir para que alguém seja enganado, como por exemplo:

(a) adquirir bens sem ter as informações suficientes ou obtê-las apenas de uma fonte;

(b) acreditar na fantasia de que nunca será enganado;

(c) agir por impulso e motivado pela ganância ou vaidade.

A nossa percepção pode ser treinada para perceber detalhes que revelam a possibilidade de alguém estar representando um papel e, consequentemente, mentindo para nós. Esse treinamento, pode ser realizado em vários níveis e passa pela percepção de micro-expressões na face, pela interpretação do movimento corporal com a finalidade de identificar o que se chama inconsistência não verbal (quando as palavras dizem uma coisa e os gestos a face indicam outra).

Nos demais artigos da série sobre a mentira, desenvolverei mais sobre os aspectos da subjetividade humana que podem se tornar “calcanhares de Aquiles” para muitas pessoas e sobre os sinais da mentira.


Visite as Seções do Portal:

 


Como citar este artigo:

Formato Documento Eletrônico (ABNT)

PIRES, Sergio Fernandes Senna. Como a mentira está inserida na sociedade atual?. Instituto Brasileiro de Linguagem Corporal. Disponível em < https://ibralc.com.br/como-a-mentira-esta-inserida-na-sociedade-atual/> . Acesso em 3 Dec 2016.

Formato Documento Eletrônico (APA)

Pires, Sergio Fernandes Senna. (2011). Como a mentira está inserida na sociedade atual?. Instituto Brasileiro de Linguagem Corporal. Recuperado em 3 Dec 2016, de https://ibralc.com.br/como-a-mentira-esta-inserida-na-sociedade-atual/.

The following two tabs change content below.
Sergio Senna
Psicólogo, doutor em psicologia (UnB), possui diversas especializações na área de educação, segurança e políticas públicas. Tem larga experiência acadêmica e profissional na interpretação da linguagem corporal, presta assessoria institucional no Congresso Nacional e desenvolve trabalhos acadêmicos nas temáticas da análise da mentira e da linguagem corporal. Veja o currículo completo aqui!
Sergio Senna

Últimos posts de Sergio Senna (ver todos)

Posted in A Mentira and tagged , , , .

8 Comments

  1. Olá,

    Aproveitando o tópico, sobre mentira na sociedade, fico “doente” quando vejo propagandas de produtos que prometem maravilhas, que te deixaram ricos de um dia para o outro. As vezes, pessoas investem suas últimas fichas neste “produto”, e depois vê que não era bem como eles diziam.

    Aproveitando, postei no Facebook do portal ( http://www.facebook.com/pages/Segredos-da-Face-Linguagem-Corporal/132414243466710?v=wall ) uma destas propagandas que circulam na Internet. Aproveitem o vídeo como uma forma de exercício, e vão dando a opinião de vocês.

    Portanto, cuidado com produtos que prometem milagres…dinheiro fácil não existe (pelo menos honestamente).

    Abraços,

    Edinaldo

    • Olá Edinaldo, assisti o vídeo do Dinheirobr. Ótimo! Vamos fazer uma rodada de debate sobre essa propaganda no facebook.

      Excelente idéia e o vídeo está melhor ainda e bem divertido.

      É impressionante como os produtos estão sendo vendidos hoje em dia.

      Valeu!
      Sergio Senna

    • Prezado Dr. Sérgio,

      O fato, que mesmo com conhecimento mínimo, este tipo de coisa me irrita, pois vejo o quanto “cara de pau” esse pessoal é. Infelizmente.

      Abrasço,

      Edinaldo Junior

  2. Muito bom este artigo, esclarecedor e de fácil compreenção.
    Gostaria de sugerir que façam uma matéria sobre a calúnia.Obrigado e parábéns por tudo.
    Att: Raimundo

    • Prezado Raimundo, obrigado pelo seu comentário e pela sua sugestão.

      Venho desenvolvendo uma série de artigos sobre a mentira, que é um tema sensível e de interesse para muita gente.

      Diante de sua sugestão, vou programar um artigo explorando a intenção de mentir para causar dano à honra ou à reputação das pessoas.

      Uma vez que você tem interesse nesse tema, sugiro que veja na parte do site que possui a cor vermelha (micro-expressões e emoções) nossas matérias sobre crenças e valores. Esses são os temas de maior interesse para mim, pois, no fundo, revelam os critérios que utilizamos para realizar nossas decisões.

      Aproveite o conteúdo do portal e continue participando.
      Saudações
      Sergio Senna

  3. É muito bom ver que existem brasileiros nesse ramo e que ainda disponibilizam artigos e exercícios gratuitamente.
    A única pena é que não existem cursos ministrados aqui em Santos, o único jeito é estudar muito via internet.
    Parabéns Dr. Sergio.

    • Prezado Rafael, obrigado pelo seu comentário e pelas palavras de apreço.

      Iniciei esse portal exatamente pelo motivo de que não havia conhecimento científico disponível sobre linguagem corporal em uma linguagem descomplicada.

      Veja os nossos cursos na cidade de Campinas. Afinal, não fica muito longe de Santos e é um bom motivo para pegar o carro e dar uma volta.

      Nos cursos presenciais, abordamos diversos aspectos que estão manifestos em nossos artigos.

      Fica minha sugestão!
      Um abraço e siga nos acompanhando e deixando novos comentários.
      Sergio Senna

Deixe uma resposta