O Sistema Nervoso como um todo.

O sistema nervoso como um todo.

O nosso sistema nervoso desenvolveu-se a partir de um simples filamento de células nervosas que apenas conseguia produzir os mais simples movimentos reflexos como, por exemplo, os do anfioxo. Este pequeno animal é em, certa medida, o mais simples dos vertebrados e não é muito mais complicado que um verme.

sistema-nervoso-Anfioxo

No outro extremo desta linha de desenvolvimento está o ser humano com o mais complicado dos sistemas nervosos. O mais importante princípio de suporte a este desenvolvimento reside na adição contínua de novos elementos ao antigo sistema, e não na sua mera substituição.

No caso do ser humano, as antigas estruturas seguem funcionando em conjunto com as mais novas. Por vezes, o comportamento que observamos em  ser “originado” por alguma das estruturas mais primitivas. É o caso quando percebemos alguém nervoso. Parte desse “nervosismo” tem relação direta com a ativação do Sistema Nervoso Autônomo, então observamos a pessoa suando nas mãos, sua movimentação pode aumentar, observamos o aumento da frequência respiratória etc.

 

Entretanto, para realizarmos uma boa análise do comportamento, é muito importante considerar que não há uma hierarquia rígida entre esses sistemas e o funcionamento de suas áreas, sobre o que trataremos um pouco mais adiante. 

 

Podemos subdivir o sistema nervoso em: sistema nervoso central (SNC), que é composto pelo cérebro e pela medula , e o sistema nervoso periférico (SNP), que é a parte do sistema nervoso não abrangido pelo SNC e que é composto principalmente pelos nervos que se estendem a partir do SNC.

 

sistema-nervoso-snc

 

Outra divisão pode ser feita levando em conta o seu caráter funcional: o sistema nervoso voluntário e o sistema nervoso involuntário. O primeiro permite-nos controlar conscientemente os nossos músculos esqueléticos. O segundo, também chamado de sistema nervoso autônomo (SNA), regula todos os acontecimentos que não estão sobre o nosso controle consciente: a atividade dos órgãos internos, como o coração, estômago, etc. O sistema nervoso autônomo, em si, se divide em duas partes: o simpático e o parassimpático.

sistema-nervoso-sna

 

Qual a relação desse conhecimento com a linguagem corporal?

 A explicação acima é bastante simplificada e oferecida apenas como motivação para que você se aprofunde mais no assunto.

Nossa intenção não é oferecer conhecimentos extensivos em fisiologia, para o que existem muitos portais especializados na Internet.

Além disso, você pode consultar livros conhecidos como o Tratado de Fisiologia (Guyton) onde encontrará uma riqueza de detalhes sobre o tema.

Entretanto, algum conhecimento é fundamental para que você entenda que:

 

  • a relação do comportamento não verbal com as emoções é bastante estreita;

  • parte do complexo fenômeno emocional humano está relacionado ao funcionamento do Sistema Nervoso (Central e Periférico)

  • não há uma hierarquia rígida entre as estruturas mais primitivas e mais recentes do nosso sistema nervoso;

  • podemos observar comportamentos que estão sendo regulados por várias áreas e também por processos psicológicos distintos.

[one_half]

Encerro esse artigo com um exemplo para você pensar:

Um herói não é uma pessoa destemida, mas aquela que supera o medo, agindo contrariamente à natural tendência da preservação da própria vida.

Se pensarmos apenas em termos biológicos, o heroísmo não se explica.

[/one_half] [one_half_last]

 

 

 

 

 

 

sistema-nervoso-heroismo

[/one_half_last]

 

Como citar este artigo:

 

Formato Documento Eletrônico (ABNT)

PIRES, Sergio Fernandes Senna. [post-name]. Instituto Brasileiro de Linguagem Corporal. Disponível em < https://ibralc.com.br/o-sistema-nervoso-como-um-todo/> . Acesso em [data-php].

Formato Documento Eletrônico (APA)

Pires, Sergio Fernandes Senna. (2012). [post-name]. Instituto Brasileiro de Linguagem Corporal. Recuperado em [data-php], de https://ibralc.com.br/o-sistema-nervoso-como-um-todo/.

 

Ficamos por aqui.

Saudações

Sergio Senna

 


Visite as Seções do Portal:

 


Como citar este artigo:

Formato Documento Eletrônico (ABNT)

. O Sistema Nervoso como um todo.. Instituto Brasileiro de Linguagem Corporal. Disponível em < https://ibralc.com.br/o-sistema-nervoso-como-um-todo/> . Acesso em 4 Dec 2016.

Formato Documento Eletrônico (APA)

. (). O Sistema Nervoso como um todo.. Instituto Brasileiro de Linguagem Corporal. Recuperado em 4 Dec 2016, de https://ibralc.com.br/o-sistema-nervoso-como-um-todo/.

The following two tabs change content below.
Sergio Senna
Psicólogo, doutor em psicologia (UnB), possui diversas especializações na área de educação, segurança e políticas públicas. Tem larga experiência acadêmica e profissional na interpretação da linguagem corporal, presta assessoria institucional no Congresso Nacional e desenvolve trabalhos acadêmicos nas temáticas da análise da mentira e da linguagem corporal. Veja o currículo completo aqui!
Sergio Senna

Últimos posts de Sergio Senna (ver todos)

Posted in Fisiologia e Linguagem Corporal and tagged , , , .

One Comment

  1. Olá Dr. Sérgio,

    Excelente artigo.

    Apenas por curiosidade, um assunto semelhante ao seu exemplo do “Herói” foi abordado na série “House”

    Sinopse:

    House e Park tratam um paciente, Benjamin, que entrou em colapso depois de fazer uma doação de caridade surpreendentemente grande, e se suspeita que o comportamento altruísta seja um sintoma de uma profunda desordem. Quando o paciente se oferece para doar um órgão para outro paciente, os médicos precisam convencer Dr. Adams de ajudá-los a confirmar se Benjamin está em juízo perfeito ou não.

    httpv://www.youtube.com/watch?v=VQv9SI35cyY

    Apenas para instigar mais… rsrsrs

    PS: considerem que é apenas um seriado.

    Abraço,

    Edinaldo Oliveira

Deixe uma resposta