Avançar para o conteúdo
Compartilhe:

Mitos sobre Linguagem Corporal

 

A interpretação do não-verbal sempre exerce grande fascínio sobre os seres humanos, pois existe um certo mistério nas habilidades necessárias para a sua interpretação consciente. Além disso, as pessoas imaginam que interpretar o comportamento não-verbal concede acesso à verdade e às emoções efetivamente experimentadas pelas demais pessoas, o que nem sempre ocorre. Nesse solo fértil, muitos mitos foram surgindo…..

A despeito dos mitos sobre linguagem corporal, a comunicação não-verbal continua desempenhando um papel fundamental em nossas vidas.

Entretanto, ao longo do tempo, muitos mitos foram aparecendo. A disseminação de informação de baixa qualidade se dá quando alguém, sem a devida qualificação, começa a “melhorar” as suas aulas e textos com versões sobre estudos e pesquisas científicas dos quais nada entende.

Toda pesquisa tem possibilidades, limitações e um enquadramento que limita a compreensão dos seus resultados a determinado grupo ou situação.

Então, nem tudo o que você ouviu sobre a linguagem corporal é correto.

Eu separei nove mitos sobre linguagem corporal para você conhecer:

Enjoy!

Sergio Senna

1. A linguagem corporal é 93% da comunicação (ou 55% ou 38%) Varia conforme o freguês.

Sem comentários. É o mito sobre linguagem corporal mais conhecido. Foi originado pela apropriação errônea de achados do Dr. Albert Mehabrian. Para uma explicação detalhada, veja esse artigo: O 93% não verbal da comunicação é verdade?

2. Usar a linguagem corporal para causar uma impressão positiva não é autêntico.

Este é um mito frequentemente divulgado na Internet. Algumas pessoas têm problemas em aceitar que você pode adquirir algumas habilidades pela aprendizagem.

Você pode aprender a dirigir um carro, a falar outro idioma e também a compreender e usar a sua linguagem corporal.

Assim como você aprende como apresentar um conteúdo, uma palestra, pode aprender a como reforçar as suas mensagens a partir da linguagem corporal. Realmente não vejo qualquer problema nisso… Essa comunicação multicanal precisa ser dominada. O que prejudica a pessoa é enviar mensagens incongruentes por meio de diferentes canais. Ai o bicho pega.

É o caso do vendedor que sabe que o seu produto é ruim, mas afirma que é top…. Se não for um excelente mentiroso, as pessoas vão perceber.

Então agir com naturalidade é importante, mas nada impede que você aprenda como fazer isso.

3. Os mentirosos não fazem contato visual.

Um dos mitos mais importantes sobre a mentira é que os mentirosos evitam o contato visual. Enquanto alguns mentirosos (especialmente crianças) podem achar difícil mentir enquanto olham para você, outros bem mais experientes, vão olhar no fundo dos seus olhos e contar as maiores lorotas.

Caso você faça uma relação entre a falta de contato visual com a mentira, interpretará de forma equivocada os indicadores não-verbais das pessoas que são tímidas, introvertidas ou procedentes de culturas onde o contato visual prolongado é considerado rude, ou ameaçador.

Então cuidado!

Aproveite e veja: Como reconhecer a mentira?

4. A pose de “Super-homem” ou “Mulher-Maravilha” muda a química do sangue.

O conceito de que dois minutos de “pose de força” (por exemplo, ficar com os pés afastados com as mãos nos quadris) aumentava a testosterona (um hormônio poderoso) e diminuía o cortisol (um hormônio associado ao estresse), foi popularizado pela palestra TED de Amy Cuddy.

Resultados impressionantes foram citados em vários blogs e discursos sobre linguagem corporal ao longo dos anos. Mas a reação recente de Dana Carney, co-pesquisadora de Cuddy, e a incapacidade de outras universidades de replicar os resultados, lançaram dúvidas sobre essa afirmação.

Entretanto, de forma geral, há um princípio conhecido como condicionamento clássico, em que a certos estímulos incondicionados podemos associar outros estímulos, com o tempo, eles passam a reagir em conjunto. Dessa forma, as emoções subjacentes a posições confiantes podem ser eliciadas ao tomarmos uma dessas posições, se isso fizer parte do nosso repertório pretérito. Sobre isso veja o meu artigo: Linguagem Corporal e o Sistema Nervoso Autônomo

5. Braços cruzados sempre significam resistência.

Claro, braços cruzados podem indicar resistência, mas também pode significar muitas outras coisas – ou nada – dependendo do indivíduo e da situação. Se uma pessoa se sentar em uma cadeira que não tenha apoios de braços, aumenta a probabilidade de braços cruzados – assim como se a temperatura ambiente estiver fria.

Se alguém está absorto em seus pensamentos e andando de um lado para o outro, cruzar os braços é uma forma comum de aumentar a concentração. O problema de acreditar no mito do braço cruzado é que você pode não perceber que o gesto vem de alguém que está frio, concentrado ou simplesmente assumindo a posição normal e mais confortável.

6. A direção dos olhos está correlacionada com a mentira.

Sem comentários, outro CAMPEÃO dos mitos sobre linguagem corporal. Veja esse meu artigo para conhecer muitos detalhes: Você identifica a mentira pelo movimento dos olhos?

7. Você pode saber o que alguém está pensando, pela linguagem corporal.

Não é possível. Não somos leitores de mentes.

Se você acredita em Deus, Ele pode, mas só Ele!

Embora a linguagem corporal possa oferecer pistas, indicadores sobre o estado emocional de alguém (emoções básicas), não se pode dizer as razões pelas quais vemos alguma emoção. Por vezes, nem mesmo a própria pessoa sabe….

8. A linguagem corporal é uma ferramenta eficaz para disfarçar seus verdadeiros sentimentos.

O problema de confiar nesse mito é que a pesquisa moderna já mostrou que tentar suprimir a emoção genuína requer tanto esforço consciente que raramente a mentira é bem-sucedida. Sempre que você tenta esconder qualquer emoção e fingir outra, seu corpo quase sempre “vaza” pistas não-verbais que são percebidas pelo seu público.

A pesquisa moderna sobre supressão emocional mostra por que é tão difícil esconder suas verdadeiras emoções. Simplesmente não vale a pena.

9. O aumento da eficácia da comunicação exige mudanças no comportamento não-verbal.

Experimente sorrir mais e veja o quanto isso melhora a dinâmica de suas interações. Um sorriso genuíno não apenas estimula sua própria sensação de bem-estar, mas também diz às pessoas ao seu redor que você é acessível, cooperativo e confiável. A sua forma de movimentação e de olhar também comunica os mesmos elementos

Um sorriso genuíno surge lentamente, enruga os olhos, ilumina o rosto e desaparece lentamente. Mais importante ainda, sorrir influencia diretamente como as outras pessoas reagem a você. Quando você sorri para alguém, essa pessoa quase sempre sorri de volta. E, como as expressões faciais desencadeiam sentimentos correspondentes, o sorriso que você recebe realmente muda o estado emocional da pessoa de uma forma positiva. Nada mal para uma pequena mudança não-verbal. Veja o artigo: O sorriso é contagiante.

Preste, portanto, atenção aos mitos sobre linguagem corporal.


Os 10 principais temas do Portal IBRALC

[widget id="cool_tag_cloud-5"]

Abaixo, nossos artigos sobre os Mitos da Linguagem Corporal:

[widget id=”ink-blog-11″]

mito-ou-verdade-sobre-linguagem-corporal-ibrale-1Vivemos em um mundo difícil…. Muita gente procura os treinamentos que ofereço para prever o comportamento de seus interlocutores. Não vejo muito problema nisso, já que todos nós, em alguma medida buscamos conhecer as pessoas e, para diversos fins, tentar prever o que vão fazer.

Entretanto, muitas técnicas de origem duvidosa foram proliferando ao longo do tempo.  Em determinado momento, vendedores de conhecimento passaram a perceber que as pessoas compravam mais (livros, vídeos, cursos etc) se considerassem que o material à venda estava associado à ciência.

Dessa forma, passaram a utilizar uma série de técnicas para convencer seus potenciais consumidores de que possuíam uma receita que funcionava…

Tais técnicas incluem:

  • falar o que quiser num texto corrido e colocar, ao final, uma série de referências de estudos científicos. Afinal, quem vai conferir, não é?
  • misturar teorias que funcionam de forma separada e que não foram articuladas. Isso ocorre no caso, por exemplo, da lateralidade motora, o movimento dos olhos e a identificação da mentira, associando tudo isso às áreas de funcionamento do nosso cérebro, uma das excrecências mais divulgadas na Internet.
  • passar experiência pessoal como se fosse suportada por estudos científicos.
  • Muitas outras técnicas para te enganar, sobre as quais tratamos detalhadamente em nossos artigos.

O importante é você saber que o  IBRALC  ensina a interpretar a comunicação não verbal pela ciência, sem mágica, promessas ilusórias ou mitos. A ciência nos mostra que o corpo fala por meio dos gestos, da sua movimentação e das expressões faciais. Temos um compromisso real com a ciência, tal é a formação acadêmica sólida do Dr. Sergio Senna.

Portanto, apesar de aprender a decifrar os sinais da linguagem corporal ser fundamental para as suas decisões, você precisa ter acesso a esse conhecimento de forma correta.  Esperamos que você encontre aqui esse local seguro.

O Portal IBRALE contém centenas de artigos sobre todos os campos da comunicação não verbal e assuntos conexos. Assista o vídeo em que o Dr. Sergio Senna dá sete dicas sobre linguagem corporal e comenta alguns mitos nesse tema. Obrigado pela sua visita e esperamos o seu breve retorno.


GOSTOU DAS NOSSAS MATÉRIAS? CAPACITE-SE! REALIZE NOSSOS CURSOS.


Visite o Portal da Educação Socioemocional

This post is also available in %s.